quinta-feira, 26 de novembro de 2009

¿Esa es la belleza que tú buscas?

quinta-feira, 26 de novembro de 2009
Recentemente tive a curiosidade de pesquisar mais a fundo sobre a anorexia. O pouco que eu sabia, era por causa de Anahí. Mais pelas coisas que ela fala agora, é verdade. Porque no tempo em que ela esteve doente, ela sumiu da mídia e pouco era comentado sobre o caso dela; eram puras especulações. E a imprensa mexicana (pra variar) estava mais preocupada em criticá-la e apontá-la como anoréxica, do que em fazer reportagens informativas sobre a doença. Bem... O fato é que eu sempre achei que as pessoas que estavam doentes nunca sabiam que, de fato, estavam. Minha surpresa foi saber que existem criaturas que sabem que estão doentes e acham isso muito bonito. Assumem a anorexia como estilo de vida! Choquei ao encontrar uma grande quantidade de blogs de meninas anoréxicas que fazem apologia ao "NF" (No food), e escrevem em suas postagens coisas dos tipo: "Fracassei! Hoje comi um pão! Amanhã farei NF o dia inteiro para compensar e me trancarei no quarto, para evitar uma compulsão. Aí seremos só eu e a Ana!" Conste: Ana é o apelido carinhoso da anorexia. Ela é tratada como "amiga" pelas suas súditas. Ainda li pérolas do tipo: "Você acha que as mulheres lindas e magras comem?" ou ainda: "Não imagino a Gisele Bünchen comendo um Big Mac!" Dá muita tristeza ver que, apesar de estarmos na era da informação, ainda há tantos jovens com nada na cabeça. Digo nada na cabeça, porque uma pessoa que só pensa em corpo e peso, além de ser fútil, só pode ter a cabeça ôca! O que essas jovens julgam ser perfeição, tudo o que elas vêem na televisão e nas revistas, é pura ilusão! Aqueles corpos exageradamente magros são conseguidos com muito photoshop, na maioria das vezes. Ou ainda através de uma alimentação balanceada e saudável, além de exercícios físicos e até cirurgias plásticas! Pesquisando nos blogs, eu pude perceber que a maioria deles são de meninas de Portugal, ou seja, Europa! O lugar da "moda". É realmente triste ver que essas jovens (não só da Europa, mas do mundo inteiro), com oportunidades e acesso à informação, preferem engolir tudo o que é imposto pela mídia. Seus padrões de beleza, forma de vida, de comportamento. Sinceramente, não vejo mal em querer ser magra. Toda mulher que se preze, está sempre insatisfeita com o seu peso (inclusive eu) e quer perder uns quilinhos. O normal e aceitável nesse caso, é fazer uma dieta saudável e muito exercício. Quando a preocupação com o peso passa a ocupar sua mente durante 24 horas por dia, é porque virou loucura! Já diriam os mais velhos: Mente vazia é oficina do Diabo! E isso de tá o dia todo se preocupando com os números da balança, é uma puta falta do que fazer. Me peguei pensando... Antigamente, a beleza padrão eram as mulheres gordinhas que, como diriam os árabes, "enchem uma cama". Hoje em dia, a moda é ser exageradamente magra. Se a moda fosse não ter cabeça, o que essas escravas da mídia fariam? Se decaptar??? Fica a dúvida. O mundo está acabando, a natureza está sendo devastada, o aquecimento global está cada dia pior, milhares de pessoas estão morrendo de fome e há guerras por todos os lados. Diante disso tudo, vocês acham que a quantidade de quilos que seu corpo pesa é realmente um problema? Eu acho que nós devemos nos preocupar apenas por problemas relevantes e fazer alguma coisa pra mudar a situação do nosso planeta enquanto é tempo. E devemos agradecer a Deus por cada dia que eles nos permite viver, por ter uma família que nos ama, por ter nosso prato de comida na mesa todo dia, por podermos acordar e ver a luz do sol. Sinceramente, não acho que a anorexia seja uma doença. Acho simplesmente que, além de muita futilidade e falta do que fazer, a "Ana" é um demônio que as pessoas permitem que entre em suas vidas. Um demônio que carrega você dia a dia a passos largos em direção à morte. É muita falta de Deus, sabem? E além das anoréxicas de verdade, depois de Anahí, começaram a surgir as pseudoanoréxicas! hahaha! Meninas que, para se sentirem mais parecidas com a ídola, ou para chamar a atenção dela, fingem ter anorexia! O bom é que elas só fingem. Enfim... Só sei que eu tenho 1.67 de altura, peso 52 kilos e prefiro mil vezes estar gorda do que estar morta. E vocês? O que preferem?

25 comentários:

Táyra Sodi. disse...

É impressionamente como eu não consigo escrever pouco. ¬¬

natbarros disse...

Chocante essas imagens, essa realidade.
Chocante ver que tem gente que se aproveita de algo tão grave pra ganhar espaço.Pra aparecer.
E chocante é ver que a Midia dá espaço pra isso, enquanto deveria se engajar em uma lutar maior para diminuir ou quizá, acabar com essa doença tão deprimente.

E eu tb não consigo escrever pouco. É mal de jornalista? haha

Ah, vc tinha me add no twitter, mas ele não me mostrou a paradinha pra aceitar(#fail), só no email, por isso não aceitei. Manda de novo pra ver se aparece. rsr

Beijos

Táyra Sodi. disse...

Pois é... E essa foto não é montagem, não é photoshop! É uma anoréxica em tratamento, que resolveu "emprestar sua imagem" pra uma campanha contra a anorexia. Ela é francesa! No youtube tem algumas entrevistas com ela.

Ah! Editei o post porque vi que tinha dito que o apelido da anorexia era Mia, mas na verdade é Ana! Mia é apelido da Bulimia. Isso que dá escrever às 5 da manhã... Acabei trocando as bolas! kkkkkkkkkkkkkk =)

Raquel disse...

Gostei.. e concordo com tudo né.. mas, acho que muitas vezes a Anorexia é acompanhada de uma forte depressão, não sei.. começa com isso da futilidade, mas dps sai do controle da pessoa, não sei.. conheço pouco..

Seu peso sim tá ótimo.. tenho 1.70, peso 72 quilos.. pretendo emagrecer (com saúde haha) esse Verão! hahaha Besos!

Lola Diet disse...

Se sou fútil,vc o é em pior escala.
Primo - não me conhece pra tá julgando.Quem é vc ?

Secundo - nunca disse q amo a ana,mas mesmo q o tivesse feito,saiba q nunca é uma escolha alguém ter um TA,portanto,qd quiser fuçar na vida alheia e dar opiniões,saiba primeiro do q está falando e não julgue sem conhecer.

Táyra Sodi. disse...

Lola Diet, vou compartilhar com os leitores desse blog alguns trechos escritos por você na sua última postagem:

"A despeito de quaisquer comentários e opiniões,eu continuo pensando e acredito que o melhor mesmo é ser magra.Grande não é bonito.
Ninguém se sente confortável ao chegar numa loja,mesmo pedindo o 42 ele fica apertado,as banhas saltam pelo cós da calça, argh!"

"Não importa o que a mídia diz.Eu sou maior de idade,e quando criança,assistindo meus desenhos favoritos na TV,eu nada entendia sobre TA,mas desde então já desejava ser magra,sumir com essa barriguinha daqui.Não é algo que acontece da noite pro dia ou simplesmente decidimos por assistir algo na TV,ou ler em alguma revista."

"O que seria de mim sem Deus ... e sem vcs!
Ah,e Deus odeia os glutões.Temos base bíblica para não termos complusões e ser absolutamente contra esse comportamento."

Você pensa 24 horas por dia no seu peso e nas suas calças "44" e deixa de comer pra emagrecer, achando que isso vai te trazer felicidade, embora no fundo você saiba que não vai trazer, porque você nunca vai estar satisfeita e vai querer emagrecer mais, mais, mais, mais... Até que não hajam mais quilos pra diminuir. Até que não haja mais vida em você. Isso, pra mim, é motivo suficiente pra te chamar de fútil, pra te chamar de burra e pra te chamar de doente! Mas... E você? Liste-me os motivos que você tem pra dizer que eu sou fútil em escala maior! Espero que eles sejam plausíveis, embora eu duvide muito. Lógicamente a mídia não é 100% responsável pelos TA's, mas dá uma contribuição considerável (e como dá!!!). Eu já provei roupas que ficaram apertadas em mim várias vezes e nunca achei isso uma vergonha. Tive vontade de emagrecer, é claro, mas jamais deixaria de comer pra que isso acontecesse. Fiz exercícios, cortei o refrigerante e as massas e voltei as meus 51 kilos. Continuo acima do peso e sou feliz assim. A felicidade de ninguém pode estar depositada na quantidade de quilos que ela pesa. Não pode e não está. E você pode falar o que quiser de mim, pode não concordar com o que eu estou falando (embora, para a sua saúde, acho melhor que concorde). Mas pense 2 vezes antes de falar de Deus e antes de justificar suas atitudes usando o nome dEle. Porque ele certamente não aprova o que você está fazendo. Deus te deu uma vida e um corpo pra que você se aceite e seja feliz como é, pra que você cuide, porque você é o templo dele. Todos nós somos. A Bíblia diz que Deus condena os excessos, que tudo demais é veneno. A gula é, de fato, pecado. Se alimentar não foi, não é e nem nunca será. E se você quer evitar suas "compulsões", a melhor coisa que você tem a fazer é comer normalmente, nos horários certos. Porque as compulsões são simplesmente O SEU ORGANISMO PEDINDO DESESPERADAMENTE A COMIDA QUE VOCÊ DEIXA DE DAR. Ninguém escolhe ter anorexia, é bem verdade. Mas CONTINUAR anoréxica (na minha humilde opinião) é uma escolha sim. Pense nisso.

Lola Diet disse...

quem é vc ?
pq tá me perseguindo ?
se tivesse lido tds os meus posts poderia dar alguma opinião ainda,kct.
vai cuidar da tua vida,e fazer algo útil,pq ngm é obrigado a concordar com ngm,mas vc q veio aki xeretar,eu não perco meu tempo julgando o blog dos outros.
Eu hein.
te meninas fazendo coisas piores por aí e vc veio logo até mim ?
presta atenção,reserve suas idéias inteligentes e útei pra alguém q vc conhece realmente e que vá te ouvir,e suma da minha vida e da vida de quem vc tb nem conhece.

Melissa disse...

SE FOR PRA DAR UM TOCO. DE DIREITO E COM ALGUNS ARGUMENTOS QUE SIRVAM, ESSE AI, NAO SERVEM MESMO. =)

Táyra Sodi. disse...

No meu perfil você pode encontrar um pouco de quem sou eu porque, ao contrário de você, eu não crio uma identidade falsa por ter vergonha da pessoa que sou. E não estou te fuçando ou perseguindo. Como o meu texto explica, procurei blogs de meninas com anorexia para me informar mais sobre o assunto e pra conhecer as realidades das doentes como você. E acho que foi útil. Quem deveria procurar alguma coisa pra fazer aqui, de verdade, era você. Pode ser que você não perca o seu tempo julgando os blogs alheios (ainda bem, pq a liberdade de expressão é um direito de todos!), mas você perde seu tempo com coisa bem pior. Um beijo e melhore!

PS: Enquanto você continuar respondendo, eu vou continuar voltando no seu blog. Porque, embora você não tenha argumentos suficientes pra bater de frente comigo, eu adoro treinar a retórica.

Emiily disse...

Acontece que as pessoas sabem exatamente como os outros devem viver suas vidas, mais não têm a mínima ideia de como viver AS SUAS!

Anahita disse...

É já vi que tá rolando um "fight" por aqui né?
Bom, mas do que a maioria pensa, ANOREXIA não é uma simples frescura (para uns é sim), mas é uma doença, e uma doença PSICOLÓGICA gravíssima. Digo isso com a certeza de alguém que viveu péssimos momentos com a amizade da Ana. Pra quem não sabe tive anorexia dos meus 14 aos 18 anos. Eu nem sabia que o fato de eu não comer era uma doença. E eu não fazia isso pra ficar magra, fazia sem querer, até que me disseram que a minha falta de fome, e os enjoos tinha nome, se chamava anorexia, e ai meu complexo pela magreza se tornou um vicio. Ai sim, foi terrível. Mas hoje, em contato com mtas ana`s por aí, vejo que o que tive foi mto pouco pelo que vejo. Mas voltando ao foco, do porque respondi esse tópico, anorexia é uma doença sim. E é mto dificil e crual. É vc se destruindo dia após dia. E mtas vezes vc quer sair, mas você mesma não deixa. Sei que é dificil para quem não teve, entender. Mas É UMA DOENÇA! E gravíssima! E aviso pras menininhas, meninas, mulheres, não ENTREM NESSA! Ng precisa disso, isso não é vida PRA NINGUEM! :)

Anahita disse...

To meio sonolenta e já vi que tem alguns erros ao longo do texto, relevem por favor! rsrsrs

Anônimo disse...

Se vc quer tanto julgar a anorexia, se diz no direito de dizer que pessoas que sofrem com essa doença e futil ou cabeça oca, saiba que essa doença muitas vezes toma por conta pessoas muito inteligentes, e incompreendidas, e que essa doença tb esta em maior enfase em pessoas da alta sociedade ou seja que tem muita informção,acesso a cultura lazer, e outros tipos de coisas e afazeres que ocupariam muito mais a cabeça dessas pessoas que qualquer outra, e mais para dizer ou tomar parte de alguma coisa vc deve realmente entender o que esta falando, por causa de pensamentos como o seu que muitas pessoas que sofrem com problemas psicologicos morre, ou sofrem eternamente, ja cheguei a constatar que muitas meninas e meninos que foram atraz de tratamento foram julgadas com futil e cheias de frescura, e muitas delas foram levadas a morte por pensamentos como o seu, fora que é muito facil entrar de blog em blog colhendo pedaços de frazes e pedaços de vida e dar a interpretação que quizer, bom esse e o mal de muitos seres humanos que se julgam mais inteligentes e espertos que os outros.
Indico a vc um leitura muito boa que vai te levar um pouco mais a fundo nesse assunto, "Anorexia - Diario de uma adolecente" de Dominique Brand.
E antes que vc possa pensar nessa sua cabecinha restrita a assuntos que sou uma anorexica comprando briga ou tentando me defender sou só uma dona de casa com um filho de 7 anos que tenta só abrir a boca quando tem certeza ou que saiba o minimo do que esta falando, e muito facil julgar, mas ser julgada vc aceita??
Se cada um cuida-se da sua vida o mundo seria um pouco melhor, e quando for tomar partido de algo, que seja pelo menos para acrecentar e não pra depreciar pois isso pra mim não é inteligencia e frustação.
Boa noite e otimo final de semana.
A sim estou postando anonimo pois não tenho um perfil em blog ou coisas assim não por queira me esconder meu nome e Alice muito prazer.

Táyra Sodi. disse...

"Alice"...

Essa página pertence a mim, então é mais que normal o fato de eu postar coisas que EU penso. Nem sempre uma opinião é um julgamento, não se engane. Li tudo o que você disse e continuo achando que a anorexia é uma doença que atinge pessoas de personalidade fraca, que se deixam abater e se deixam guiar pelas opiniões alheias. Pode ser que eu esteja errada, é claro. Não posso falar com certeza sobre uma coisa que eu nunca VIVI, mas posso expor a minha visão e a minha análise de coisas que eu observo. Tenho direito a uma coisa chamada liberdade de expressão, você conhece? E , inclusive, esse blog é meu e acho que eu posso falar o que me der na telha por aqui. Enquanto menininhas anoréxicas escrevem seus "10 mandamentos" que incluem jogar comida no lixo pra enganar os pais, milhares de pessoas MORREM DE FOME NO MUNDO. E isso não é um pré-conceito, isso não é um julgamento, isso não é minha opinião. Isso é um fato! E se você levasse mesmo a sério essa história de cada um cuidar da sua vida, acho que você não deveria estar preocupada e irritadinha com o que escrevo ou deixo de escrever no MEU blog. E só pra esclarecer, eu li o livro que você indicou e você não sabe quantos blogs de anas e mias eu já li , não sabe se os li completos, não sabe se li só trechos... Aliás, você não sabe nada de mim. Então acho que quem está julgando aqui não sou eu, concorda? Tenha uma boa noite e um ótimo fim de semana você também. Beijos. ;)

Emiily disse...

Não to nessa discussão, mais me interesso pelo tema.

E mesmo que não queira saber minha opinião la vai. Acredito que o ser humano em si FALA DEMAIS e faz de menos, se você tá tão preocupada com esse tema AJA e não escreva 'biblia' dando liçãozinha de moral barata. Você pode postar o que quizer quando quizer no SEU blog? Certamente que sim, mais a partir do momento que você tem uma página na web aberta a comentários, creo eu que deveria aceitá-los e não dizer de forma chula: ESTE BLOG É MEU E POSTO OQ UE QUISER, isso não condiz com sua "grande personalidade".

Enfim, acho que falei até demais do que deveria.
beijos
Emii

Anahita disse...

Estou aqui novamente, agora sem sono. Mas antes de tudo quero deixar claro que não quero discutir. Apenas aproveitar o espaço e falar sobre o assunto, que fez e faz parte da minha vida. Hoje não mais como uma doença, mas como superação e ajuda. Ajuda, porque hoje o que mais faço é tentar ajudar à meninas, meninos que possuem essa doença! Bom Táyra, mesmo não concordando com mtas das coisas que vc citou no seu blog, eu entendo PERFEITAMENTE seu ponto de vista. Da mesma forma que entendo o ponto de vista das meninas que comentaram. Sei que você pesquisou em blogs, leu coisas sobre meninas anoréxicas, e que você achou isso tudo mto fútil. É normal que você e milhões de pessoas enxerguem isso desta maneira. Mas a anorexia é uma doença sim, e tem vários fatores. Tem causas genéticas, sociais... enfim, vários! E é muito complicado e MUITO DESCONHECIDO ainda. SOU COMPLETAMENTE CONTRA ESSA DOENÇA QUE FAZ MTO MAL. Já tive, quando estava entrando na fase da adolescência, mas não pra querer emagrecer, ou buscando um padrão de beleza. Até porque nem todas começam com essa intenção, porém muitas acabam seguindo isso depois de um certo tempo. Não me prolongarei citando causas e/ou consequências de um TA, mas posso dizer que é tudo muito cruel, muito depressivo. E por mais que elas queiram, tentem sair dessa, é muito difícil. Como citei no meu post anterior, é uma luta contra si. E, além disso, posso te dizer que quem tem essa doença, não tem cabeça vazia e também não vivem sem fazer nada. Muitas até tem a cabeça muito cheia e não tem tanto de tempo de sobra pra pensar em COMER. Pq sim, muitas começam assim, sem sentir falta de comida. Elas não comem pq não tem tempo, e ai acaba se tornando uma doença, a tal da anorexia tanto falada nesse seu post. Outras entram nessa pq precisam emagrecer, umas pq foram influenciadas pela opinião dos outros em algum momento, e outras pq querem ser assim. Muitas jogam comida fora, enquanto outros morrem de fome, e outras simplesmente nem tentam comer. Hoje, sendo uma ex-anoréxica (pq embora digam que não tem cura eu me vejo curada), posso dizer que é bem injusto não comer e viver na autodestruição enquanto milhares de pessoas lutam dia após dia por um grão de arroz, lutam para sobreviver num mundo tão escuro, tão frio e cruel. E nós, de classes média e alta, podendo ter tudo isso, não damos valor. Mas é muito dificil de compreender tudo isso quando está doente, eu sei, eu VIVI! Acho de verdade que você, Táyra, se equivocou em certos pontos, ou até mesmo se precipitou com alguns dizeres, mas não to te julgando ou criticando, apenas estou tentando lhe dizer que isso tudo foi a causa de tanto "tumulto" por aqui. E digo também, que estarei a sua disposição se um dia quiser saber um pouco mais sobre essa doença.

ahh.. Um exemplo de que anorexia realmente é uma doença, é essa mulher da foto, não sei se você conhece a história dela, mas ela praticamente foi induzida a ser anoréxica, com todas as paranóias da mãe dela! A mãe dela com tantos cuidados, fez com que sua filha adoecesse, e tivesse uma doença que lhe custa a saúde. Que embora ela esteja tentando, esteja lutando por sua vida, ela já tem problemas de saúde, e é bem provavel que esses problemas a acompanhem mais um pouco! Acho que falei demais, se alguém quiser conversar comigo sobre, estarei a disposição. E principalmente, se alguém precisar de ajuda para sair dessa, é só falar!

Táyra Sodi. disse...

Emily...

Realmente você falou demais e com certeza deve ter lido meu comentário "por cima". Se tivesse lido ele por completo, teria percebido que quando eu disse que o blog era meu, foi pra justificar o fato das postagens serem compostas por opiniões MINHAS. E se eu não aceitasse os comentários alheios divergentes aos meus, você nem teria o seu espacinho pra falar merda aqui. Mas eu deixo, porque sou legal! hahaha :) Além do mais, sou plenamente a favor da liberdade de expressão e adoooro me divertir com certas coisas sem noção que uns e outros escrevem aqui no meu espaço. Um beijo e volte quando quiser.

Táyra Sodi. disse...

Anahita

Obrigada pela educação com a qual você comentou aqui no blog. Apesar da sua opinião ser um tanto quanto diferente da minha, nós não vamos brigar por isso, pois somos pessoas civilizadas. Pena que nem todo mundo é assim.
Alguns vêem toda e qualquer "diferença" como motivo pra briga. Pra mim, a anorexia mais do que uma doença, é um espírito ruim. Tenho
minhas razões pra achar isso, inclusive minha crença religiosa, pois vi o modo como as meninas se sentem, vi as coisa às quais elas
se submetem e vi, principalmente, o modo como elas tratam a "Ana". E sei que, como toda regra tem sua excessão, nem todas as Anas ou Mias
ficaram doentes por influência da mídia. No entando, as estatísticas comprovam
que as que entram na doença por esse motivo são mais de 90%. E quando eu aponto pessoas fúteis, burras ou com nada na cabeça, eu me refiro a
esses 90% e não a casos isolados. Mas muito obrigada pelo seu comentário, também concordo com várias coisas que você disse nele e aceito de muito bom grado aprender mais sobre a doença! Conhecimento nunca é demais!
E eu conheço sim, a vida da modelo! Beijosss!

Emiily disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Emiily disse...

Prezada Táyra, eu li TODO os eu comentário porque eu costumo saber das coisas antes de falar e não retiro nadinha que eu disse, se seu blog tem um espacinho para as pessoas falarem suas "merdas" recomendo que seja mais educada ao responder um comentário que diverge de sua opinião, pois isso se chama "Educação e Respeito" conhece?

beijinhos
Emii.

Táyra Sodi. disse...

Conheço, é claro. Mas a minha educação depende diretamente da sua. ;)

Anônimo disse...

A anorexia e a bulimia são doenças psicológicas. As/Os doentes não têm culpa de estar doentes. Não comer é apenas o sintoma.
Que esta troca de palavras tenha o mérito de chamar a atenção para uma doença cujo conhecimento é ainda tão incompleto.

Anônimo disse...

O texto está bom, porém a frase no final quase que estragou tudo: "Só sei que eu tenho 1.67 de altura, peso 52 kilos e prefiro mil vezes estar gorda do que estar morta". Dá a entender que vc se julga gorda, o que na minha opinião só seria o julgamento de quem tem anorexia. Seu IMC é 18,6, isso é padrão de modelo já.

Anônimo disse...

muito interessante gostei

Anônimo disse...

Anorexia é uma doença psicológica, assim como várias outras como depressão e transtorno bipolar. Achei ridículo vc julgar dessa maneira algo q vc nunca sofreu ou simplismente nunca estudou a fundo pra saber.

Nunca tive anorexia e graças a Deus, nunca terei, pq conheço bem a doença, pois tive informação. Estudei psicologia por muito tempo e daí vc constata q o cérebro é uma arma mortal, em certas ocasiões, pois 99% das pessoas não sabem como usa-la corretamente e acabam caindo em abismos, às vezes sem saber.

Assim como vc que acha que sabe tudo dos outros, mas na verdade, não sabe nada.

Kiss.

Postar um comentário